7 dicas para pais para crianças com autismo

Dezembro 8, 2022

7 min read

Introdução

Criar um filho com autismo é uma realidade para inúmeros pais com vários desafios do dia a dia. No entanto, dicas práticas de pais para o autismo podem ajudar na jornada de criar uma criança no espectro do autismo. No entanto, os pais precisam saber que duas crianças autistas não têm o mesmo comportamento, e os benefícios de usar essas abordagens podem variar naturalmente em alguns casos.

O que é autismo?

O autismo é um transtorno grave de desenvolvimento e comportamento em que o paciente perde a comunicação e a interação normalmente. O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) afeta as habilidades emocionais, físicas e cognitivas gerais de um paciente. Este distúrbio do sistema nervoso não pode ser curado e pode durar toda a vida. As causas do autismo ainda são desconhecidas. Pode ser genética, idade dos pais ou até mesmo algum medicamento usado durante a gravidez. Algumas crianças de 2 a 3 meses apresentam sintomas de TEA e algumas desenvolvem sintomas mais tarde na vida. Alguns sintomas podem incluir dificuldades de aprendizagem, ansiedade, atraso na fala, sensibilidade a ruídos, incapacidade de entender as emoções dos outros e outras deficiências cognitivas.

Você tem um filho com autismo?

Não há testes específicos (como exames de sangue) para verificar se uma criança tem autismo. Primária, os médicos estudam a história de desenvolvimento e comportamento da criança para detectar a possibilidade de autismo. Se um pai observa atrasos no desenvolvimento de seu bebê ou criança, é melhor não esperar muito por quaisquer mudanças ou melhorias . Quando estiver preocupado, é melhor consultar um profissional. Quanto mais cedo o tratamento começar, maiores as chances de ter sucesso e reduzir os sintomas do autismo com o tempo. Os pais devem sempre ter em mente que quanto mais cedo eles aprenderem sobre a condição, melhor eles poderão responder. O conhecimento ajuda a construir confiança para tomar as decisões certas em situações difíceis.

7 dicas de paternidade para crianças com autismo

Dicas parentais para o autismo são essenciais para uma ideia estruturada ao cuidar de crianças autistas. A seguir estão sete dicas de pais para crianças com autismo:

  1. Nunca demore a procurar um diagnóstico profissional: se um pai sentir que seu filho pode ter autismo, ele deve consultar um profissional o mais rápido possível. Os médicos fornecem o melhor plano de tratamento eficaz para a criança.
  2. Desenvolvendo um plano de tratamento: Ao decidir sobre um plano de tratamento, os pais devem lembrar que cada criança no espectro do autismo tem características únicas e nenhum tratamento é adequado para todos os casos.
  3. Intervenção precoce: É provável que um especialista recomende o tratamento logo após o diagnóstico. Atualmente, não há cura completa para o autismo; no entanto, como discutido anteriormente, a intervenção precoce aumenta as chances de reduzir os sintomas.
  4. Apoio consistente: A consistência e a paciência são fundamentais para que os pais e as crianças autistas cresçam em um mundo onde possam viver felizes. O cuidado, a atenção e a afeição apropriados de um dos pais provavelmente evocarão um esforço de reciprocidade na criança.
  5. Mantenha-os seguros em casa : uma criança autista geralmente não tem medo de perigos e pode até exibir uma aparente insensibilidade à dor. Mantenha afastados todos os itens perigosos, como produtos de limpeza, ferramentas afiadas, utensílios de cozinha, elétricos em local seguro, longe da criança.
  6. Mantenha-os seguros em casa: os pais devem promover reforços positivos elogiando seus filhos quando aprendem uma nova habilidade de forma adequada. Pais e terapeutas devem usar recompensas para incentivar o bom comportamento.
  7. Conecte-se com a criança: Os pais nunca devem presumir que uma criança autista é insensível ou sem emoção. As crianças autistas simplesmente transmitem emoções e suas respostas aos estímulos ao seu redor de maneira diferente. Assim, conectar-se com a criança é fundamental. Aprenda e incentive uma linguagem de vínculo pessoal com crianças autistas.

Dicas para pais bem sucedidos para crianças com autismo!

Os pais podem garantir o futuro de seus filhos agindo de acordo com sua condição enquanto ainda são jovens. Além disso, os pais nunca devem desistir de seus filhos autistas. Os pais e a comunidade devem se unir para fornecer às crianças autistas as oportunidades de que precisam e merecem para crescer e prosperar no mundo. O apoio dos pais é um dos elementos críticos para que uma criança autista tenha sucesso no mundo. As sete dicas mencionadas anteriormente ajudarão a facilitar o caminho dos pais tanto para os pais quanto para o filho autista. Como os pais são as primeiras pessoas em contato com uma criança autista, eles precisam conhecer maneiras eficazes de se comunicar e entendê-las. Os pais são as melhores pessoas para observar e perceber as complexidades do comportamento de seus filhos e fornecer a intervenção adequada ao passar por um estágio comportamental problemático. A contribuição dos pais é fundamental quando um profissional está planejando o tratamento.

Por que essas dicas são importantes para o autismo?

Compreensivelmente, pais e crianças autistas sofrem uma tremenda pressão social e emocional após descobrirem os sintomas do TEA. Essas dicas são essenciais para orientar os pais com uma abordagem estruturada para ajudar as crianças com autismo. Além disso, os pais devem compreender fatos simples do dia a dia que possam ajudá-los a ensinar seus filhos a adquirir novas habilidades e superar o medo da alienação social . apoiar de forma eficaz. As dicas mencionadas acima podem reduzir o estresse e a sensação de isolamento.

O que torna essas dicas únicas para crianças com autismo?

Educar uma criança autista nunca é uma tarefa fácil para os pais e para a criança. Às vezes, as emoções podem sobrecarregar os esforços bem-intencionados. Os pais muitas vezes estão preocupados em não cuidar adequadamente de seus filhos. No entanto, os pais sempre se esforçam ao máximo para cuidar bem de seus filhos . Pesquisadores e outros especialistas articularam especialmente essas diretrizes para ajudar os pais a construir os interesses da criança e deixá-los participar ativamente dos horários dos tratamentos. Além de tornar essas dicas únicas, o artigo incentiva e motiva os pais a dedicarem seus melhores esforços aos filhos.

Conclusão

Os pais podem sentir que estão lutando contra o distúrbio sozinhos; no entanto, isso não é verdade. Recomendamos que os pais participem de grupos de apoio ao TEA para compartilhar emoções e ideias. United We Care é um programa online especializado de saúde mental e terapia que orienta os pais em sua jornada para criar uma criança autista de forma eficaz. Eles oferecem orientação especializada sobre a segurança e o cuidado de seus filhos na comodidade de suas casas. Verifique o site deles para obter mais informações.

Overcoming fear of failure through Art Therapy​

Ever felt scared of giving a presentation because you feared you might not be able to impress the audience?

 

Make your child listen to you.

Online Group Session
Limited Seats Available!